sábado, 21 de maio de 2016

ali ao longe




amanhaceu

o sol estava escondido

teimava em não aparecer

mas mesmo assim

fui ver o mar

o cheiro da maresia

entrava pelo corpo.


senti cada gota de água

estava fria

caminhei até ao fim do areal

ali ao longe

só conseguia ver

o mar

tentei ver mais além

mas apenas consegui ver o que não queria.


o sol espreitou

e voltou com ele

a vontade

de sentir tudo de novo

mas a noite apareceu

ali ao longe

devagar e aproximou-se

do dia e sem dizer nada

apoderou-se da luz.






Alfama, 21 de maio de 2016






Sem comentários: