quinta-feira, 10 de agosto de 2017

mochila às costas






mochila às costas.
sem trilhos, sem destino.
seguimos em frente,
em silêncio,
confiamos em quem temos ao nosso lado.
cortamos caminhos,
traçamos rumos,
cruzamos sorrisos e
enchemos a alma de
verde e azul.


São Miguel, 9 de agosto de 2017










quinta-feira, 13 de julho de 2017

"só é feliz quem sabe o que quer"








fiquei a pensar nesta frase.
durante algum tempo, dizia muitas vezes "eu não sou feliz", "faça o que fizer, eu não estou feliz".
hoje posso afirmar que sou feliz, muito feliz. sei o que quero da minha vida, sou feliz com as pessoas que me rodeiam, faço aquilo que gosto e isto não tem preço... só tem felicidade.

sou feliz. muito.








segunda-feira, 1 de maio de 2017

maio






subo à procura do Castelo
entre ruas estreitas,
cores de sonho
e segredos por desvendar.

para trás deixo Alfama
repleta de sol
de encantos
e destinos.

ao longe vejo o Tejo
e a outra margem,
continuo a subir
para conquistar o Castelo.



Alfama, 1 de maio de 2017.








terça-feira, 11 de abril de 2017

vai tudo correr bem




quando amanhã acordar

vai correr tudo bem

deixa passar algum tempo

e sonha, sonha, sonha.


quando o dia terminar

e o sol desaparecer

tens de dar espaço à lua

para ela brilhar.


e a noite escura

vai encontrar luz

nas estrelas que te rodeiam

olha sempre para cima.


guarda tudo para depois

não deixes de sentir nada

e sonha, sonha, sonha

vai correr tudo bem.







domingo, 9 de abril de 2017

o que foi


o que foi

não volta

apenas lembra

que foi bom.

deixa passar

algum tempo

procura um céu azul.


o que foi

deixa soprar o vento

talvez possa acontecer de novo.

o tempo passa

e tudo fica na mesma

sem que os minutos parem

sem seguir o destino.



o que foi

tira tudo

e deixa ainda mais.

a magia não volta

ficam apenas as palavras

que tudo pode acontecer de novo

e de novo.





Alfama, 9 de abril de 2017.